Presidente do Quênia anuncia fim de sequestro em shopping e luto de três dias

0
75

Exército queniano na porta do Westegate - Foto: News Kenya 24Rio – O presidente do Quênia, Uhuru Kenyatta, declarou nesta terça-feira o fim da ocupação do centro comercial de Nairóbi, palco de um atentado terrorista cometido pelo grupo Al Shabaab no último sábado.

Houve troca de tiros nesta terça-feira no local, mas as forças de segurança do Quênia mantiveram o controle da operação. O chefe de Estado revelou que, além dos cinco terroristas mortos, 61 civis e seis soldados quenianos, mais de 175 ficaram feridas.

Entre os mortos estão, pelo menos, 18 estrangeiros (Inglaterra, Canadá, França, Holanda, Austrália, Peru, Índia, Gana, África do Sul e China).

Kenyatta declarou três dias de luto nacional, que começarão amanhã e durante os quais as bandeiras serão hasteadas a meio mastro em todo o país. Entre os mortos estão

O ataque ao shopping Westegate foi a pior ação terrorista que o Quênia sofreu desde o atentado de 1998 à embaixada dos Estados Unidos, que deixou mais de 200 mortos.

Por dentro da África