Conselho de Segurança da ONU aprova missão para o Mali

0
135

Mali - Foto ONU - Nicole LawrenceRio – O Conselho de Segurança da ONU aprovou nesta quinta-feira a criação da Missão das Nações Unidas para o Mali. A decisão de implementar a operação foi tomada por unanimidade pelos 15 Estados-Membros.

A missão — oficialmente Missão das Nações Unidas de Estabilização Multidimensional Integrada no Mali (MINUSMA) — terá uma tropa de 11,2 mil militares, incluindo batalhões de reserva “capazes de serem deslocados rapidamente por todo o país”. Uma força policial de 1,44 mil integrantes também será enviada para o país da África Ocidental.

Confira em Por dentro da África – “Esse conflito mudou a imagem do nosso país”

Desde janeiro do ano passado, o Mali foi marcado por confrontos entre rebeldes islâmicos e tropas do governo. No princípio de 2013, o governo lançou uma ofensiva, apoiada por forças francesas, que resultou na recuperação de várias cidades do norte, incluindo Timbuktu.

Os Estados-Membros da ONU receberam pedidos para fornecer soldados e forças policiais com recursos e equipamentos adequados para “melhorar a capacidade de operação da MINUSMA”.

Com informações da ONU