Na África, preço dos alimentos pode subir 12% até 2030, alerta Banco Mundial

0
  •  
  •  

Foto: PAA África
Foto: PAA África

Com informações do Banco Mundial

O Banco Mundial lançou um relatório no último domingo 8 de novembro, sobre as mudanças climáticas e seus impactos, como desastres naturais, perdas de safras e propagação de doenças. Segundo a agência, mais de 100 milhões de pessoas podem entrar na pobreza até 2030.

De acordo com a organização, até 2030, as mudanças climáticas podem provocar perdas de até 5% na produção da agricultura. Esse valor pode chegar a 30%, até 2080. Os preços dos alimentos também serão afetados. Na África, por exemplo, poderá ser registrado um aumento de até 12%, até 2030, e 70%, até 2080. Também é esperada uma maior incidência de doenças como malária, diarreia e nanismo.

“A mudança climática atinge os mais pobres da forma mais dura e nosso desafio agora é proteger dezenas de milhões de pessoas de caírem na extrema pobreza”, afirmou o presidente do Banco Mundial, Jim Yong Kim. O relatório diz que os mais pobres são os mais suscetíveis e enfrentam um alto risco quanto aos choques associados ao clima, como a queda no volume de chuvas, ondas de calor e enchentes.

 


  •  
  •