Somália: Acordo eleitoral aprova 30% de representação feminina no Parlamento

0
137

Women wave Somali flags during a celebration to mark Somalia's Independence Day at Konis stadium in Mogadishu on July 1. Today's celebrations mark 53 years since the Southern regions of Somalia gained independence from Italy and joined with the Northern region of Somaliland to create Somalia. AU UN IST PHOTO / TOBIN JONES.
PHOTO / TOBIN JONES.

Com informações da ONU

Um acordo feito pelo Gabinete somali sobre as eleições de 2016 tem o compromisso de representar as mulheres e grupos minoritários no governo, com as mulheres ocupando 30% do próximo parlamento.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, parabenizou a liderança somali pela decisão tomada na semana passada, e destacou a urgência de estabelecer um roteiro político em direção a um sufrágio universal na Somália até 2020, para garantir um momento contínuo de transição do país para a democracia.

Milhões de crianças, mulheres e idosos estão vulneráveis, e 4,9 milhões – ou 40% da população – precisam de ajuda humanitária. Mais de 1,1 milhão de civis são deslocados internos e 300 mil crianças abaixo dos cinco anos sofrem de desnutrição.