República Centro-Africana elege uma mulher para a presidência interina

0
58

Deslocados pelo conflito nas República Centro-Africana. Foto: ACNUR/H. Caux
Deslocados pelo conflito nas República Centro-Africana. Foto: ACNUR/H. Caux

Bangui – O Conselho Nacional de Transição da República Centro-Africana (RCA) elegeu, nesta segunda-feira, Catherine Samba-Panza como Presidente interina dentre os oito candidatos ao cargo deixado por Michel Djotodia, em 10 de janeiro.

Os 129 membros do Conselho Nacional de Transição elegeram Samba-Panza, com 75 votos. Reunindo o apoio de associações de mulheres, e das milícias anti-balaka (grupos maioritariamente de cristãos), Panza era considerada uma das favoritas para restaurar a paz no país. Segundo o calendário da transição, as eleições oficiais serão realizadas no primeiro semestre de 2015.

O conflito no país começou há um ano, quando rebeldes Séléka, principalmente muçulmanos, lançaram ataques que forçaram o presidente François Bozizé a fugir em março de 2013. Um governo de transição já foi encarregado de restaurar a paz e abrir caminho para eleições democráticas, mas os combates armados entre ex-membros do Séléka e as milícias do grupo cristão antiBalaka têm aumentado significativamente nas últimas duas semanas.

Por dentro da África