Darfur: Mais de um milhão de pessoas precisam de assistência humanitária

0
138

Foto de Albert Gonzalez Faran - ONURio – A subsecretária-geral para assuntos humanitários, Valerie Amos, ressaltou que a comunidade internacional deve se esforçar mais para garantir que as pessoas da região de Darfur, no Sudão, possam se tornar mais autossuficientes.

De acordo com o Escritório das Nações Unidas de Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA), existem hoje 1,4 milhão de pessoas que recebem assistência humanitária em cerca de 100 campos para pessoas deslocados em Darfur.

Amos disse que pontes mais fortes precisam ser construídas entre o trabalho humanitário. No entanto, isso se tornou cada vez mais difícil, pois muitas organizações enfrentam séria escassez de financiamento e não têm os recursos necessários para atender às crescentes necessidades humanitárias.

Em abril, a Conferência de Doadores para Darfur em Doha levantou 3,6 bilhões de dólares, incluindo um compromisso de 2,6 bilhões do governo do Sudão.

Em sua declaração, Amos saudou os compromissos, mas ressaltou que o Sudão também passa por uma crise de financiamento. Estima-se que 7,2 bilhões de dólares sejam necessários para um esforço de seis anos, apoiado pela ONU, para fazer com que Darfur consiga ser autossustentável através do investimento na infraestrutura do país.

Com informações da ONU