Helicópteros serão usados para reintegrar grupos rebeldes na RDC

0
48

MonuscoRio – Uma estratégia de comunicação inédita na República Democrática do Congo será usada para persuadir o grupo rebelde conhecido como Exército de Resistência do Senhor (LRA) a se render voluntariamente. A iniciativa teve início este mês e usará um helicóptero da Missão de Estabilização da ONU na República Democrática do Congo (MONUSCO) para sobrevoar locais – onde a presença dos combatentes já foi identificada – divulgando mensagens por alto-falantes e folhetos em francês, inglês e acholi.

A estratégia foi batizada de “Helicopter-Messaging” e é conduzida pela divisão de Desarmamento, Desmobilização, Repatriamento, Reintegração e Reinstalação (DDR/RR) da MONUSCO. A equipe ofereceu treinamento em Faradje – cidade onde o LRA matou mais de 200 habitantes no natal de 2008 – sobre a abordagem correta de rebeldes desertores e fugitivos, inclusive ex-combatentes meninas, mulheres e crianças que venham a se render voluntariamente. O alto escalão de militares das Forças Armadas congolesas (FARDC), autoridades governamentais, civis membros da sociedade e o contingente marroquino da MONUSCO participaram do treinamento.

O administrador do território Faradje, Heritier Masikini, elogiou os esforços da DDR/RR para responder rapidamente às preocupações da população, fornecendo mais informações sobre as suas atividades e o envio de funcionários para a área que lida com o potencial influxo de desertores do LRA.

Com informações da ONU