África do Sul: fonte em hospital diz que país se prepara para despedida de Mandela

5
173

Arquivo - Nelson Mandela FoundationPor dentro da África

Rio e Pretoria – Uma fonte do Por dentro África que trabalha no Med-Clinic Heart Hospital, em Pretoria, informou à redação que o ex-presidente Nelson Mandela teria falecido na tarde desta terça-feira. Segundo esta fonte, os médicos confirmaram paralisação total dos rins e pulmões. Mandela permanece no hospital apenas com ajuda de aparelhos. Parte da família seria a favor de desligar os equipamentos, a outra, não.

Mandela, de 94 anos, foi internado há 17 dias por causa de uma infecção pulmonar. Um comunicado oficial deverá ser emitido nas próximas horas após a confirmação da visita do presidente dos Estados Unidos Barack Obama à África do Sul. Com objetivo de promover investimentos, a tão esperada viagem de Obama ao continente africano (que inclui Senegal, África do Sul e Tanzânia) está prevista para esta quarta-feira.

Nesta tarde, a família de Mandela esteve reunida para discutir sobre o funeral, que deverá ser realizado em Mvezo, sua terra natal, localizada na província do Cabo Oriental.

População sul-africana questiona o real estado de saúde de Madiba

Na manhã desta quarta-feira, as ruas que cercam o hospital onde Mandela está internado foram fechadas por questões de segurança. Grande parte da família, incluindo netos, filhos e a ex-mulher Winnie estiveram no hospital sob um forte esquema de segurança. A imprensa sul-africana questiona a demora em informar o real estado do ex-presidente, já que admite rumores sobre sua morte.

Gastos com visita de Obama podem chegar a 100 milhões de dólares

– Mandela é a maior personalidade do país e uma das mais importantes do mundo. É um momento muito delicado porque envolve a política (a chegada do Obama é de extrema relevância para os negócios da África do Sul), a sociedade (que precisa se confortar com o país sem Mandela) e a família (ainda sem um consenso sobre o desligamento dos aparelhos). O anúncio oficial, que estava previsto para esta quarta-feira, foi adiado devido aos três fatores – afirma a fonte sul-africana.

Por dentro da África aguarda o comunicado oficial do governo sul-africano e começa a preparar um especial sobre o Prêmio Nobel da Paz de 1993 e líder anti-apartheid que inspira o mundo. – Atualizado às 17h30, de Brasília, em 26 de junho.

Confira o especial sobre o maior líder sul-africano símbolo da luta contra o apartheid

Por dentro da África


5 COMMENTS

  1. Nós ficamos muito triste com a perca do MANDELA . Não conheço fica do outro lado mundo. Mas é e foi um homem muito importante lutou muito pelo seu pais. eu NELÇI sou muito fã dele. era um sonho meu conhece-lo. sou encantada por ele sempre segui seus passos. tenho o filme da vida dele. estou muito triste com isso. mas ele tem que descansar.