Sobe para 287 o número de mortos em naufrágio na Ilha de Lampedusa

0
62

UNHCR-LampedusaRio – Segundo o governo italiano, subiu para 287 o número de africanos mortos em acidente próximo à Ilha de Lampedusa. O barco, que naufragou na última quinta-feira partiu da Líbia e pegou fogo perto da costa de Lampedusa, abrigava refugiados da Eritréia, em sua maioria.

Na sexta-feira, o Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos (ACNUDH) pediu para que as autoridades italianas e da comunidade internacional, especialmente da União Europeia, fortaleçam esforços para evitar a repetição desta tragédia.

O diretor-geral da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Guy Ryder, pediu que as políticas de fronteira e de migração laboral sejam revistas. O pedido foi feito após o naufrágio de um barco com cerca de 500 migrantes perto da ilha italiana de Lampedusa matar mais de 280 pessoas.

– A tragédia em Lampedusa é um lembrete de que a comunidade internacional deve agir urgentemente em conjunto para fazer com que os direitos humanos sejam respeitados e a migração se torne segura – disse Ryder.

Com informações da ONU