Quatro africanos estão entre os finalistas do The Man Booker International Prize

1
254

escritoresPor dentro da África

Rio – Quatro dos dez escritores indicados ao The Man Booker International Prize 2015 são africanos. A lista de finalistas que concorrerão ao prêmio de 60 mil libras foi anunciada em uma conferência de imprensa organizada na Universidade da Cidade do Cabo, na África do Sul, nesta terça-feira. O vencedor será anunciado no dia 19 de maio.

Atualização: O autor campeão deste ano foi László Krasznahorkai, nascido na Hungria. Durante cerimônia realizada no Museu Victoria and Albert, em Londres, a presidente do júri, Marina Warner, comparou a obra de László à de Franz Kafka.

Os dez autores na lista são:

– César Aira (Argentina)
– Hoda Barakat (Líbano)
– Maryse Condé (Guadeloupe)
– Mia Couto (Moçambique)
– Amitav Ghosh (India)
– Fanny Howe (Estados Unidos da América)
– Ibrahim al-Koni (Líbia)
– László Krasznahorkai (Hungria)
– Alain Mabanckou (República do Congo)
– Marlene van Niekerk (África do Sul)

Lydia Davis ganhou o prêmio em 2013, Philip Roth em 2011, Alice Munro em 2009, Chinua Achebe, em 2007, e Ismail Kadaré ganhou o prêmio inaugural em 2005. O vencedor será anunciado no Museu Victoria and Albert, em Londres, em 19 de maio.

1 COMMENT