Cerca de 9,5 milhões de pessoas sofrem de insegurança alimentar na África Austral

0

 

Foto de FAO

Com informações da ONU News

O Escritório da ONU para os Assuntos Humanitários (OCHA) estima que cerca de 9,5 milhões de pessoas estejam em grave situação de insegurança alimentar na África Austral*. O cenário deve piorar por conta do fenômeno climático El Niño, que deve atingir a região em dezembro.

Somente o Malawi registrou um aumento de 1,1 milhão de pessoas nessa situação no período que começou em outubro e terminará em abril do próximo ano.

De acordo com o OCHA, três distritos do Zimbábue e dois de Madagascar já enfrentam níveis de emergência de insegurança alimentar por terem perdido os seus meios de subsistência.  A estimativa é de que as chuvas estejam abaixo da média em áreas que incluem o sul de Moçambique. O país é um dos seis com maior risco de ser afetado pelo fenômeno.

Outra razão de preocupação é o aumento de casos de cólera que, desde o final de agosto, quase duplicou na África Austral. Mais de 21 mil casos foram notificados até outubro.

*África Austral – A região é formada por um grupo de países localizados na parte oriental e sul do continente africano. Entre eles estão África do Sul, Angola, Zimbábue, Botsuana e Moçambique. 


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here