Rio de Janeiro: Exposição fotográfica revela as relações de afeto nos terreiros de Candomblé

0

Roger CipóSerá inaugurada no dia 08 de Julho, sábado, às 16 horas, a exposição ATO, de Roger Cipó, curadoria de Marco Antonio Teobaldo, na Galeria Pretos Novos de Arte Contemporânea, no Rio de Janeiro. Em sua primeira exposição individual, o fotógrafo volta toda a sua atenção para as relações de afeto constituídas dentro dos terreiros de Candomblé, a partir de sua experiência como iniciado na religião.

Depois de percorrer dezenas de terreiros no estado de São Paulo, Cipó foca sua pesquisa no  Asè Iya G’unté, localizado em Juquitiba, onde percorreu pelas rotinas mais comuns de seus adeptos, até às mais complexas. As imagens reveladas apresentam a interação dos fiéis entre si, como uma família ao redor de suas obrigações, e, durante as cerimônias, quando os orixás manifestam seu afeto por meio de seus sacerdotes.

Saiba mais: “O terreiro é esse quilombo que conseguimos reconstruir e acolher a todos e todas”, diz Roger Cipó

Serviço:
Galeria Pretos Novos de Arte Contemporânea
abertura: 08 de Julho de 2017 – 16h
visitação:  11 de Julho a a 02 de Setembro de 2017
terça à sexta (13h às 19h) e sábado (10h às 13h)
Rua Pedro Ernesto, 32 – Gamboa – Rio de Janeiro – fone: (21) 2516-7089
e-mail: pretosnovos@pretosnovos.com.br