Bahia: Encontro debaterá trajetória do bloco afro Olodum

0
  •  
  •  

Com informações da Secretaria de Igualdade Racial 

No ano em que completa 37 anos de fundação, o bloco afro Olodum terá sua trajetória apresentada em seminário que acontece nesta sexta-feira (17), a partir das 14h, no Centro de Referência de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson Mandela, equipamento vinculado à Secretaria de Promoção da Igualdade Racial do Estado (Sepromi) e situado na Avenida Sete de Setembro, em Salvador.

O encontro contará com a participação do presidente da organização, João Jorge, além de Edvaldo Lopes (ex-diretor), Ubiraci Oliveira (conselheiro) e Carla Pita (conselheira e educadora da Escola Olodum), que abordarão os principais desafios neste período, envolvendo a preservação da cultura negra, combate ao racismo e garantia dos direitos do segmento.

37 anos de luta

O bloco afro surgiu no Pelourinho no dia 25 de abril de 1979, destacando-se, ao longo do tempo, mundialmente. No toque de seus tambores, o grupo agrega expressões de vida e tradições, cultivando os valores socioculturais africanos. As canções combatem a discriminação racial, estimulam a elevação da autoestima afrodescendente e defendem a luta para assegurar os direitos civis e humanos.

Seu trabalho social é vasto e inclui cursos de percussão, dança afro, empreendedorismo cultural e canto, formação de lideranças, seminários, workshops, consultoria a escolas, Festival de Musica e Arte Olodum Mirim – O Femadunzinho, dentre outras atividades, que contribuem para o fortalecimento da identidade e inclusão social da juventude negra.

Conheça o Centro

O Centro de Referência Nelson Mandela oferece apoio a vítimas de racismo e intolerância religiosa na Bahia, desde dezembro de 2013.  Além do atendimento, a unidade dispõe de uma biblioteca especializada em relações étnico-raciais e espaço para encontros sobre a temática.

Está vinculado à Rede de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa do Estado da Bahia, que é composta por instituições do poder público, universidades federais e estaduais, órgãos que formam o Sistema de Acesso à Justiça e um conjunto de organizações da sociedade civil de Salvador e do interior.

Serviço

O quê: Seminário “A trajetória do Olodum, 37 anos tocando no mesmo assunto”.

Quando: Sexta-feira (17/06/2016), às 14hs.

Onde: Centro de Referência de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson OMandela – Edf. Brasilgás, 282, Av. 7 de Setembro (Mesmo prédio da Fundação Pedro Calmon) – Centro – Salvador/BA.

Mais informações: (71) 3117-7448/7438 – cr.racismo@sepromi.ba.gov.br.

*Evento gratuito com fornecimento de certificado.

 


  •  
  •