Caminhada das Mulheres Negras homenageia Maria Felipa, protagonista da independência da Bahia

0
  •  
  •  

julhodaspretasCom informações da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial

Somando-se às ações das organizações da sociedade civil pelo empoderamento da mulher negra, assim como o enfrentamento ao racismo, sexismo e demais formas de discriminação, o Governo do Estado lançou neste sábado (02), durante as comemorações pela independência da Bahia em Salvador, sua programação oficial para o Julho das Pretas. Uma caminhada em homenagem a Maria Felipa, protagonista do movimento emancipador, deu início às atividades, partindo da Lapinha em direção ao Conselho de Desenvolvimento da Comunidade Negra (CDCN), no Pelourinho, com a participação de servidores públicos e ativistas.

Ao longo de todo o mês, as Secretarias de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi) e de Políticas para as Mulheres (SPM) promovem e apoiam uma série de atividades, unindo esforços com os movimentos sociais e demais órgãos do poder público para garantia de direitos e construção de políticas públicas voltadas ao segmento. A programação inclui seminários, caminhadas, encontros de formação, oficinas, rodas de diálogo e campanhas, e está disponível no www.igualdaderacial.ba.gov.br e www.mulheres.ba.gov.br.

A titular da Sepromi, Vera Lúcia Barbosa, destacou o protagonismo da sociedade civil pela visibilidade do 25 de julho [Dia da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha], aliada à resistência e luta das mulheres negras, “que tanto contribuíram para o desenvolvimento desse estado e país, mas por muito tempo foram invisibilizadas pela história. É por isso que a nossa homenagem hoje é para Maria Felipa, marisqueira e capoeirista, que se tornou conhecida pela população da Ilha de Itaparica como heroína negra da independência”.


  •  
  •