África Subsaariana cresceu 4,8% em 2012, segundo relatório do Banco Mundial

0
  •  
  •  

RIO – Segundo o Banco Mundial, a expectativa de crescimento para os países localizados ao sul do Saara será de 4,8%, percentual prativamente inalterado em relação ao ano anterior. Entre as razões para a alta estão: preços elevados de matérias-primas, aumento do consumo e do investimento estrangeiro.

Os segmentos de construção, transporte, eletricidade e telecomunicações aparecem como alguns dos responsáveis pelo fortalecimento da economia. Em comunicado à imprensa, o vice-presidente do Banco Mundial para a África, Makhtar Diop, disse que o interesse dos investidores no continente é um indicador importante para o avanço da região, com US$ 31 milhões de dólares de investimento direto previsto para o ano passado.

O relatório também destaca que, após 10 anos de crescimento elevado, diversos países alcançaram o estatuto de rendimento médio, que significa, segundo o Banco Mundial, ter um rendimento superior a US$1.000 per capita.

 

Por dentro da África 


  •  
  •