África tem participação recorde na Paralimpíada de Londres

0
  •  
  •  

O continente africano encerrou a sua participação na Paralimpíada de Londres com um saldo positivo e com o recorde de 43 países competidores, 12 a mais do que no torneio de Pequim, em 2008.  No quadro geral de medalhas, a Tunísia foi a melhor colocada. Com  com 19 medalhas, sendo 9 de ouro,  cinco de prata e cinco de bronze, o país árabe ficou na 14.º posição.

A África do Sul de Oscar Pistorius, atleta que também competiu na Olimpíada e que conquistou 2 ouros no torneio paralímpico (de 29 de agosto a 9 de setembro),  ficou em 18.º lugar, com 29 medalhas (8 de ouro, 12 de prata e 9 de bronze), quatro posições a frente da Nigéria, com 13 medalhas (6 de ouro, 5 de prata e 2 de bronze). Na XVI Paralimpíada já realizada, a Argélia representou bem o continente africano e o mundo árabe com 19 medalhas (4 de ouro, 6 de prata e 9 de bronze).
Por dentro da África do Sul  


  •  
  •