África em Verso: “Conversa com Deus”, por Morgado Mbalate

0
77

Rio Incomáti, Moamba, Moçambique - Registro do leitor Daniel Pinheiro — em Moçambique.
Rio Incomáti, Moamba, Moçambique – Registro do leitor Daniel Pinheiro — em Moçambique.

Morgado Mbalate

Estávamos Deus e eu conversando sentados ao chão do vento.

Deus me disse que o amor é uma garça perfumada de azul do céu que habita

somente dentro do ser com um coração do tamanho de um continente.

Deus me disse que a poesia é a lua dormindo de costas

e um poeta é uma formiga fazendo amor com um pedaço de chão.

Deus me disse que a vida é um pássaro colorido de folhas verdes.

Deus me disse que o rio é um passarinho que voa deitado no chão.

Deus me disse que a solidão é uma árvore plantada no chão de uma pedra.

Deus me disse que cada ser humano é um rio.

Deus me disse que ninguém se torna poeta sem aprovação de um passarinho.

Deus me disse que o beijo é o casamento entre as almas dos lábios.

Deus me disse que o céu é uma mangueira com folhas azuis e ramos de nuvens.

Deus me disse que o paraíso é uma concha com formato de breu.

Deus me disse que o tempo é um bailarino dançando ao vento.

Deus me disse que a luz do dia é um menino sem logos e lúgubres

e que há sempre nada na poesia e há sempre poesia no nada.

Deus me disse que sonhar é soprar ventos em lagoas e rios abrindo caminhos para o futuro no chão do tempo.

Deus me disse que os sonhos são andorinhas que adega como graças para beijar os lábios das estrelas.

Deus me disse que sempre vale a pena sorrir e sonhar porque cada alma no mundo se alimenta daquilo

que sonha e todo aquele que ama o seu próximo acende uma fogueira de fé no coração.

Depois, Deus abençoou África e Moçambique.

morgado