Definidos os classificados para a Copa do Mundo Sub-20

0
  •  
  •  

Sudão e Camarões – Foto – Divulgação

Por André Carlos Zorzi, Por dentro da África

Zâmbia, Senegal, África do Sul e Guiné-Conacri serão as representantes do continente africano na próxima Copa do Mundo de Futebol sub-20 organizada pela FIFA. A competição será realizada no próximo mês de maio, na Coreia do Sul. A definição das vagas se deu no final de semana entre os dias 4 e 5 de março.

As quatro se classificaram às semi finais da Copa Africana de Nações Sub-20, torneio que reserva quatro vagas ao mundial e também é considerado como o mais valioso da categoria no continente.

zambiaZâmbia e Senegal são consideradas favoritas para chegar à grande final, onde os donos da casa tendem a ter ligeira vantagem. Camarões, Egito, Sudão e Mali ficaram pelo caminho, sendo eliminados na 1ª fase, que contava com dois grupos de quatro times cada. Os dois melhores de cada grupo avançavam de fase.

A Nigéria, campeã vigente, não conseguiu se classificar à fase final da CAN sub-20. Foram eliminados pelo Sudão nas eliminatórias, de forma surpreendente: após ter vencido fora de casa por 2 x 1, os nigerianos chegaram a estar ganhando pelo mesmo placar no jogo de volta, até a reta final do primeiro tempo. Acabaram derrotados por 3 x 4 e eliminados pelo critério de gols fora. Outra boa equipe que decepcionou ainda nas eliminatórias foi gana, eliminada para o Senegal.

ZÂMBIA

Torcida da Zâmbia – Foto – FIFA

A Zâmbia não conseguia vencer uma partida no torneio desde 2007. Neste ano, fizeram valer o mando de campo e foram os primeiros a confirmar a ida para a Coreia do Sul, ainda na 2ª rodada, ao golear o Mali por 6 x 1. Na sequência, superou o Egito por 3 x 1, o que somado à vitória por 1 x 0 sobre a Guiné-Conacri na estreia, lhe deu a melhor campanha da 1ª fase, com 100% de aproveitamento.

Em sua última participação na Copa do Mundo, em 2007, a seleção conseguiu avançar de fase vencendo o Uruguai, empatando com a Jordânia e perdendo da Espanha. Acabou sendo eliminada nas oitavas de final, perdendo para a Nigéria por 2 x 1.

SENEGAL

Após tropeçar em sua estreia, empatando com o Sudão, a equipe mais fraca do grupo, por 1 x 1, os senegaleses se recuperaram. Após saírem perdendo para a África do Sul por 2 x 0, conquistaram uma grande virada por 4 x 3. No último jogo, superaram o Camarões por 2 x 0.

A equipe já havia conquistado bons resultados nas eliminatórias para o torneio, superando a Tunísia por um agregado de 4 x 1 e Gana por 3 x 2.

O Senegal vem de sua melhor campanha no mundial, conquistada com a 4ª colocação em 2015. Na primeira fase, começaram mal, com derrota para Portugal e empate contra a Colômbia. Perdiam para o Catar até os 30’ do segundo tempo na última partida da 1ª fase, quando conseguiram virar para 2 x 1 e passar às oitavas.

A partir daí, vitória nos pênaltis sobre a Ucrânia, outro sucesso contra o Uzbequistão, por 1 x 0 e uma acachapante derrota para o Brasil, por 5 x 0, impedindo o sonho de disputar a final. Na disputa pelo 3º lugar, foram derrotados pelo Mali, por 3 x 1.

ÁFRICA DO SUL

amajita+gallo
Equipe da África do Sul – Foto – SAFA

Uma das equipes que teve caminho mais fácil nas eliminatórias, superando a Namíbia por 2 x 0 no agregado, e Lesoto por 5 x 0.

Começaram a competição com uma virada sobre os camaroneses por 3 x 1. Na sequência, tropeço para o Senegal por 4 x 3. Confirmaram a classificação vencendo a seleção sudanesa por 3 x 1.

Em sua última participação na Copa do Mundo, avançou de fase na 3ª posição, em um grupo bastante acessível. Empatou com os Emirados Árabes Unidos, foi goleada pela Hungria por 4 x 0 e, na sequência, venceu Honduras por 2 x 0. Nas oitavas, derrota para Gana, por 2 x 1.

GUINÉ-CONACRI

guinee
Equipe da Guiné-Conacri – Divulgação

Equipe classificada com a menor quantidade de pontos. Foram derrotados pelos anfitriões na estreia, por 1 x 0. Na sequência, empataram com o Egito, e conseguiram uma suada vitória por 3 x 2 apenas na última partida da fase de grupos, sobre o Mali.

A Guiné também foi a única semifinalista a ter disputado as eliminatórias desde a 1ª fase. Superaram a Libéria, pelo agregado de 3 x 1, a Costa do Marfim (2 x 2, no critério de gols fora) e a Gâmbia (2 x 1).

A seleção não disputa o torneio de base desde o longínquo 1979, quando perdeu todas as suas partidas: Uruguai (5 x 0), União Soviética (3 x 0) e Hungria (2 x 0)


  •  
  •