UNICEF anuncia libertação de 163 crianças por grupo armado na República Centro-Africana

0
43

Foto: UNICEF / Donaig Le Du

Com informações da ONU

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) anunciou nesta sexta-feira (28) que 163 crianças foram libertadas por um grupo armado na República Centro-Africana (RCA), onde milhares de outros meninos e meninas ainda estão servindo como combatentes, cozinheiros e mensageiros para facções militares do país. Elas foram libertadas em uma cerimônia na cidade de Batangafo.

“Essa libertação é um sinal de que o processo de implementação do compromisso assumido pelos líderes desses grupos, como parte do processo de paz e reconciliação, está no caminho certo”, disse o representante do UNICEF na RCA, Mohamed Malick Fall. “Temos a expectativa de ver outras centenas de crianças liberadas antes do final deste ano.”

As crianças receberam atendimento médico e falaram com agentes sociais antes de serem levadas para um centro de transição onde receberão apoio para voltar para a escola ou para se matricular em uma formação profissional. O UNICEF e seus parceiros também vão rastrear e reunir as crianças e suas famílias.

Segundo o UNICEF, entre 6 e 10 mil crianças têm sido recrutadas por facções armadas na República Centro-Africana desde 2013, incluindo as que servem como combatentes, assim como aquelas que trabalham como cozinheiras, mensageiras e em outras funções.