Somália: ONU autoriza aumento de tropas da União Africana

0
63

Tropas da AMISOM patrulham a pé o sul da Somália. Foto: UA/ONU/IST/Jacob WillmerRio – O Conselho de Segurança das Nações Unidas autorizou o aumento temporário demais de 4 mil soldados na força de paz da União Africana na Somália e estendeu o mandato da missão até 31 de outubro de 2014.

Além do aumento de 17.731 para até 22.126 militares, o Conselho também determinou a ampliação do apoio logístico fornecido pela ONU para que a Missão da União Africana na Somália (AMISOM) possa manter a segurança básica e responder à ameaça crescente dos insurgentes do Al-Shabaab.

O Conselho ressaltou que o aumento das tropas “fornecerá uma melhoria de curto prazo para a capacidade militar da AMISOM” por um período de 18 a 24 meses, depois do qual uma redução do contingente será considerada.

Na resolução atual, o Conselho também tomou nota da intenção do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, de implementar uma unidade de Guarda da ONU para reforçar a segurança nos complexos da Missão de Assistência das Nações Unidas na Somália (UNSOM) – criada em junho para apoiar o Governo e o povo do país na sua busca pela segurança e prosperidade.

O Conselho pediu maior colaboração entre a União Africana, a ONU e o Governo somali, “incluindo uma abordagem abrangente para a paz, segurança e desenvolvimento que integre atividades políticas, de segurança, de construção da paz e do desenvolvimento, reconhecendo que o sucesso não pode ser atingido isoladamente”.

Com informações da ONU