Ruanda na presidência rotativa do Conselho de Segurança da ONU

0
140

Foto: Assembléia Geral da ONU - Foto: Peace WomenRio – A partir do dia 1 de abril, Ruanda vai assumir a presidência rotativa do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU). O anúncio foi feito pela ministra de Negócios Estrangeiros e Cooperação, Louise Mushikiwabo. Em outubro do ano passado, o país ganhou uma cadeira rotativa para o período de 2013 e 2014, após votação na Assembleia Geral da ONU, durante a qual também foram selecionados Argentina, Austrália, Luxemburgo e Coreia do Sul.

Na época, a escolha da nação africana provocou polêmica e protestos devido às acusações de que o ministro da Defesa (James Kabarebe), havia participado, junto com Uganda, de uma rebelião no leste da República Democrática do Congo.

A última vez que Ruanda participou do Conselho de Segurança foi em 1993-94, no mesmo período que a guerra civil entre tutsis e hutus (iniciada em 6 de abril de 1994) provocou a morte de cerca de um milhão de pessoas (20% da população, na época). Os tutsis, que eram minoria, foram massacrados pelos hutus sob a justificativa da limpeza étnica.

Durante discurso na Assembleia Geral, a ministra Louise Mushikiwabo disse que o país se comprometerá com o desenvolvimento do mundo e, em especial, com o avanço da África.

Por dentro da África