Missão da ONU condena atentado mortal em Bengazi, na Líbia

0
165

Ruas em Trípoli - Natalia da Luz Rio – A Missão de Assistência das Nações Unidas na Líbia (UNSMIL) condenou com veemência o atentado que ocorreu nesta segunda-feira perto de um hospital na cidade de Bengazi. Segundo autoridades locais, o incidente resultou em nove mortes. Em um comunicado de imprensa emitido em Trípoli, a Missão expressou as suas sinceras condolências às famílias das vítimas e desejou aos feridos uma rápida recuperação.

A UNSMIL reiterou o seu compromisso de apoiar os esforços do Governo e do povo líbio para garantir o sucesso do processo de transição democrática, o que está em curso desde a derrubada de Muamar al-Gaddafi, há dois anos.

O ex-líder governou o país do norte da África por mais de 40 anos, até que um levante pró-democracia em 2011 — semelhante aos protestos em outros países do Oriente Médio e norte da África — levou a uma guerra civil e o fim de seu regime.

Em um encontro do Conselho de Segurança em março, o chefe de UNSMIL, Tarek Mitri, disse que, apesar de o povo líbio já ter percorrido um longo caminho desde a libertação do país, o problema da segurança continua a ser um importante tema e, segundo ele, permanece como a preocupação predominante para a maioria dos líbios.

Com informações da ONU