“Não esqueçamos a República Centro-Africana”, apela especialista da ONU

2
170

República Centro-Africana - ONUBangui – O Secretário-Geral Assistente das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Ivan Šimonović, alertou, nesta quinta-feira, que as instituições estatais na República Centro-Africana continuam “à beira do colapso” e convocou a comunidade internacional a não abandonar a nação assolada pelo conflito.

– O governo de transição relativamente inclusivo que foi estabelecido permanece muito enfraquecido. Embora a situação em Bangui tenha melhorado superficialmente, o Estado simplesmente não existe fora da capital, nem existe Estado de Direito – disse Šimonović no final de uma visita de quatro dias à República Centro Africana.

A nação tem sido marcada por décadas de instabilidade. Sob o regime de Bozizé, a parte norte do país, predominantemente muçulmana, tem sido negligenciada e a sua população discriminada. Inúmeras violações de direitos humanos, incluindo desaparecimentos forçados, execuções sumárias, detenções arbitrárias e tortura vem acontecendo com frequência.

Para o executivo, as tropas regionais da Comunidade Econômica dos Estados da África Central, necessitam de força internacional mais ampla e diversificada sob a organização logística das Nações Unidas. Tal intervenção também ajudaria a preparar as eleições justas e livres dentro de 18 meses, tal como previsto pelos Acordos de Libreville.

O Secretário visitou também Bambari, a terceira maior cidade do país localizada 385 quilômetros a nordeste de Bangui, onde se encontrou com organizações da sociedade civil e vítimas e testemunhas de violações de direitos humanos.

Com informações do Centro de Informações das Nações Unidas (UNCRI)

2 COMMENTS

  1. A ATENÇÃO para o problema da republica centro AFRICANA , só não sabe quem não quer saber , por que o problema nessa parte da AFRICA é os invasores asiáticos que muitos chama de gigantes asiáticos , ou formiga de correção asiáticas , esse ditador da REPUBLICA CENTRO AFRICANA, BOZIZÉ pode ver que ele tem um aliado asiático , ou europeu ou americano, é que fornecem as armas para ele guerrear , por que esse ditador alem dele ser da REP. CENTRO AFRICANA , ele é da parte podre do pais como das facções e gangues nesse caso ele é líder , podemos dizer que ele é um marginal que deveria está preso em um país normal , por que ele é nocivo, a ONU , sabe disso ai você ver uma conversar paliativa e leviana da parte do secretário da ONU.