Missão da ONU pede fim das hostilidades depois de onda de violência em Darfur

0
248
 Tropas da UNAMID escoltam caminhão com alimentos. Foto: UNAMID/ Albert Gonzalez Farran

Tropas da UNAMID escoltam caminhão com alimentos. Foto: UNAMID/ Albert Gonzalez Farran

Rio – Preocupada com a onda de violência em Darfur do Norte, a Missão Conjunta das Nações Unidas e da União Africana em Darfur (UNAMID) pediu neste domingo (9) o fim das hostilidades que provocaram mortes nos últimos dias e obrigaram milhares de pessoas a abandonar suas casas em busca de um lugar mais seguro.

A cidade de Saraf Omra foi saqueada e mercados estão destruídos. Civis que deixaram a cidade percorreram cerca de 90 quilômetros e tentam se abrigar nas proximidades da base da missão em El Geneina.

“A missão está fornecendo proteção e água aos afetados, assim como tratamento médico a mais de 30 feridos”, informa um comunicado.

A UNAMID está trabalhando com a comunidade humanitária para tomar as medidas necessárias para fornecer assistência adicional. A situação sanitária e de alimentação é crítica.

A missão está encorajando líderes da União Africana e de grupos rebeldes a negociar um acordo político abrangente que beneficie a todos.

Com informações da ONU