ONU: Novas oportunidades para o Mali após retorno da constitucionalidade

0
63
MALI - Foto: MINUSMA/Sophie Ravier
MALI – Foto: MINUSMA/Sophie Ravier

Rio – Uma janela de oportunidades está aberta para o Mali e o país deve aproveitá-la para alcançar o desenvolvimento. A avaliação de que o país progrediu nos últimos seis meses foi feita ao Conselho de Segurança das Nações Unidas nesta quinta-feira pelo representante do secretário-geral da ONU no país, Bert Koenders.

Chefe da Missão Multidimensional Integrada da ONU para a Estabilização no Mali (MINUSMA), Koenders disse que 2013 foi “um ano decisivo para o povo do Mali”, quando o país retornou completamente à constitucionalidade depois de eleições “livres e transparentes”.

Veja também: Esse conflito mudou a imagem do nosso país

Ao apresentar o relatório mais recente do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, sobre o país, o representante destacou as prioridades do presidente Ibrahim Boubacar Keita para estabilizar e revitalizar economicamente a nação. Dentre elas, estão a reconciliação nacional, a luta contra a impunidade e a corrupção, a reforma do setor de segurança e o reforço da capacidade e desenvolvimento institucional, incluindo as regiões do Norte.

O chefe da missão avalia como próximos passos o início das negociações de paz com grupos opositores concentrados no Norte, além do reagrupamento de ex-combatentes em um amplo processo de desarmamento, desmobilização e reintegração.

Com informações da ONU