Implantação de força regional para restaurar a estabilidade no Sahel

0
533

Map_of_the_SahelCom informações da ONU

O Conselho de Segurança das Nações Unidas parabenizou a implantação do chamado Grupo dos Cinco (G5) -Burkina Faso, Chade, Mali, Mauritânia e Níger- para uma força conjunta com o objetivo de combater a ameaça do terrorismo e os desafios colocados pelo crime organizado transnacional na região do Sahel.

O Conselho pediu que a força conjunta de até 5 mil militares e policiais, bem como a Missão de Estabilização Integrada Multidimensional da ONU no Mali (MINUSMA) e as forças francesas nesse país, assegurem uma coordenação e troca de informações adequadas sobre suas operações, dentro de seus respectivos mandatos.

A resolução também convoca os Estados do Sahel a continuarem com os esforços para tornar a força conjunta operacional de forma sustentável, viável e efetiva. Enfatizando o papel importante das mulheres na prevenção de conflitos e consolidação da paz, o Conselho destacou a necessidade de levar em consideração uma perspectiva de gênero na implementação de todos os aspectos do conceito estratégico de operações.

De acordo com o Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA), no Sahel, mais de 30 milhões de pessoas enfrentam insegurança alimentar, uma criança em cinco menores de cinco anos sofre de desnutrição aguda e pelo menos 4,9 milhões são deslocados pelos efeitos de conflitos.