Exército nigeriano liberta cerca de 200 meninas e mulheres raptadas

0
68
Nigeria:ONU
Nigeria:ONU

Com informações da ONU

O enviado especial das Nações Unidas para a Educação Global, Gordon Brown, celebrou, nesta quinta-feira, a libertação de 200 meninas raptadas pelo Boko Haram e pediu a libertação imediata de todas as meninas que continuam em mãos do grupo armado.

Cerca de 270 meninas foram raptadas pelo Boko Haram de sua escola em Chibok, localizado no estado de Borno, nordeste da Nigéria, em abril de 2014, com a intensificação dos ataques brutais do grupo militante às crianças no país africano. De acordo com a Anistia Internacional, o grupo já sequestrou mais de 2000 mulheres desde o ano passado.

Veja mais: O que planeja o grupo que ameaça a ordem na Nigéria

De acordo com o enviado especial, 10 milhões de crianças não vão à escola na Nigéria atualmente. Informações do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) registram mais de 300 escolas danificadas ou destruídas e pelo menos 196 professores e 314 alunos mortos ao final de 2014, como resultado do conflito no nordeste da Nigéria entre o Boko Haram e as forças militares.