ONU suspende embargo ao comércio de diamantes brutos da Costa do Marfim

0
62

onu costa do marfim

Operação, comandada pela ONU de desarmamento voluntário, na Costa do Marfim. Foto: UNOCI/Macline Hien

Rio – Em decisão unânime, nesta terça-feira, o Conselho de Segurança das Nações Unidas votou pelo fim do embargo ao comércio de diamantes brutos da Costa do Marfim e pela suspensão parcial do embargo de armamentos, levando em conta a distinção entre armas letais e não-letais.

A alteração acerca dos armamentos foi justificada pela necessidade de proporcionar “força apropriada” aos agentes de segurança do país para a “manutenção da ordem pública”. Carregamentos com armas pesadas seguem necessitando de autorização do Comitê de Sanções da ONU, enquanto transações com armas de pequeno calibre exigem notificação do país ao Comitê.

A resolução também requer que a nação mantenha o Comitê informado sobre seus avanços no setor de mineração de diamantes, incluindo o cerco ao contrabando e mapeamento do fluxo financeiro sobre o comércio do minério.

Em relação as outras sanções – parte do embargo de 2004 – o Conselho estendeu sua validade até 30 de abril de 2015.

Com informações da ONU