Ilhas Maurício: Estudo diz que 50% das praias podem desaparecer até 2050

0
105

Ilhas Maurícius - Foto: PinnacleworldwideRio – A mudança climática ameaça a sociedade e a economia das Ilhas Maurícios, segundo relatório do National Climate Change Adaptation Framework (NCCAPF). O documento incluiu previsões preocupantes para o futuro deste paraíso como a informação de que 50% das praias podem desaparecer até 2050.

– A mudança climática é o maior desafio para a humanidade. Segundo a NASA, a taxa de dióxido de carbono atingiu um pico recorde de 400 partes por milhão, e a tendência está em ascensão – disse, em comunicado à imprensa, Deva Virahsawmy, ministro do Meio Ambiente.

O país de aproximadamente 1.5 milhão de habitantes está localizado a cerca de 800 km a leste da ilha de Madagascar. Junto da Líbia e Seychelles, pertence ao grupo de países do continente africano com Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado alto.

O relatório também sugere que a escassez de água tende a aumentar, prevendo uma redução de 13% nos recursos hídricos do arquipélago em 2050.

Se nenhum país está imune às consequências das mudanças climáticas, lugares como Maurícios são ainda mais vulneráveis. De acordo com o governo, o documento é de extrema relevância para ajudar o país a lidar com as alterações do clima nos próximos anos.

Por dentro da África