ONU e parceiros lançam campanha para apoiar atingidos por seca na Etiópia

0
42

3 February 2016, Arsi, Ethiopia. Drough affected areas. OCHA/ Charlotte Cans
3 February 2016, Arsi, Ethiopia. Drough affected areas. OCHA/ Charlotte Cans

Com informações da ONU

Para ajudar as pessoas afetadas pela seca na Etiópia, as Nações Unidas e parceiros humanitários lançaram uma campanha de 90 dias para aumentar a consciência sobre a crise alimentar no país e angariar fundos para cobrir uma lacuna de financiamento de 700 milhões de dólares.

“A Etiópia está passando atualmente por um dos choques climáticos mais graves já registrados na história, com 10 milhões de pessoas sofrendo perdas em suas colheitas e na pecuária, bem como escassez de água e riscos à saúde”, disse Ahunna Eziakonwa-Onuchie, coordenadora humanitária da ONU no país.

As necessidades humanitárias na Etiópia triplicaram desde o início de 2015, com a seca levando à perda de sucessivas colheitas e mortes generalizadas de animais. A seca está ligada a um dos mais fortes ‘El Niño’ já registrados.

A resposta à seca não está busca apenas salvar vidas, mas também proteger os ganhos de desenvolvimento que o governo e os seus parceiros de desenvolvimento têm construído incansavelmente ao longo de décadas, acrescentou a coordenadora humanitária da ONU.

Além do apelo atual por 1,4 bilhão de dólares, o governo etíope e a comunidade internacional já aportaram 758 milhões de dólares para a crise, de acordo com o Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA).

“Precisamos urgentemente proteger os ganhos de desenvolvimento da Etiópia ao longo da última década e garantir que o país permaneça em sua trajetória notável de desenvolvimento”, disse Eziakonwa-Onuchie.

“O investimento urgente e substancial na resposta à crise humanitária este ano é a única maneira de garantir isso e temos de agir agora.”