São Paulo: museu recebe exposições especiais sobre a África

0
146

Museu Afro
Foto: Alfred Weidinger, Fon Ndofoa Zofoa III – Rei de Babungo, 2012

Por dentro da África

Rio – No ano em que comemora seus dez anos de fundação, o Museu Afro Brasil apresenta duas novas exposições: “Objetos simbólicos – Casa do Patrimônio de Porto Novo, Benim” e “Espírito da África – Os Reis Africanos”. As duas mostras estreiam no dia 22 de maio, às 19h. Ambas permanecerão em cartaz até 3 de agosto de 2014.

“São muitos os reinos descobertos nesta expansão dos portugueses pelas ilhas atlânticas e do Continente Africano. Com uma organização política, social e religiosa, esses soberanos negociaram e trocaram correspondências com os reis portugueses e até se batizaram para receber, não só a bênção cristã, mas a proteção de suas majestades”, conta o diretor-curador do Museu Afro Brasil, Emanoel Araujo.

A exposição “Espírito da África – Os Reis Africanos”, do fotógrafo Alfred Weidinger, traz retratos de reis e chefes contemporâneos de diversas partes do continente africano e oferece um diálogo com obras do acervo do Museu Afro Brasil.

Estatuetas dos Camarões cobertas por miçangas, presentes na exposição de longa duração do museu, podem ser relacionadas às insígnias de poder (do mesmo material) que acompanham o rei de Babungo, dos Camarões, fotografado por Weidinger. O guarda-sol multicolorido dos povos fon do Benin, com símbolos de poder bordados, também pode ser visto num retrato do rei de Dassa, do mesmo país.

Foto: Alfred Weidinger, Bakary Yerima Bouba Alioum, Lamido de Maroua,

“A exposição do fotógrafo austríaco Alfred Weidinger tem um grande significado para a história e a memória ancestral, já que esses líderes tribais não têm mais poder político, mas na sua essência decorativa são conselheiros, lembrando a memória de uma África perversamente desfeita pelas novas divisões territoriais, que uniram diferentes etnias”, afirma o curador Emanoel Araujo.

Por sua vez, a exposição “Objetos simbólicos – Casa do Patrimônio de Porto Novo, Benin” reúne moedas africanas, objetos litúrgicos e roupas de Obás (título honorífico das realezas iorubanas), da coleção da Casa do Patrimônio de Porto Novo, no Benin. Além de apresentar uma faceta da cultura material da África pouco conhecida do grande público, revela uma sofisticada rede de trocas comerciais entre diferentes povos africanos e um conhecimento técnico da metalurgia desde antiguidade.

De variados tamanhos, formas e materiais, como o bronze, o cobre e o ferro, as moedas africanas, além de terem sido usadas para pagamentos e trocas, eram objetos de prestígio e símbolos de um reconhecimento social de seu portador.

Exposições:
Espírito da África – Os Reis Africanos”
“Objetos simbólicos – Casa do Patrimônio de Porto Novo, Benin”


Abertura em 22 de maio, às 19h.
Encerramento: 3 de agosto.

Museu Afro Brasil – Organização Social de Cultura
Av. Pedro Álvares Cabral, s/n
Parque Ibirapuera – Portão 10
São Paulo / SP – 04094 050
Fone: 55 11 3320-8900
Entrada gratuita
www.museuafrobrasil.org.br
O funcionamento do museu é de terça-feira a domingo, das 10 às 17hs,
Com permanência até às 18hs.
Na última quinta-feira de cada mês, o horário de funcionamento será estendido até às 21hs, para atendimento noturno ao público visitante.

Com informações do Museu Afro Brasil