São Paulo: Mostra de cinema exibirá filmes sobre colônias portuguesas na África

0
85

folderCom informações da Mostra Áfricas

Entre os dias 10 e 23 de novembro, a mostra ‘África(s): cinema e revolução’ reunirá, na CAIXA Belas Artes, em São Paulo, filmes históricos realizados ainda no período colonial, durante as lutas pela independência e nos primeiros anos da liberdade de colônias portuguesas na África.

Com curadoria de Lúcia Monteiro, a mostra exibirá 39 filmes – muitos deles inéditos para o público brasileiro. Também serão realizados debates com realizadores como Camilo de Sousa, Celso Luccas, Flora Gomes, Mathieu Kleyebe Abonnenc, Raquel Schefer e Ruy Guerra. As sessões serão comentadas por diversos especialistas e serão promovidas duas oficinas.

ATIVIDADES COMPLEMENTARES GRATUITAS

DEBATE: O cineasta Flora Gomes conversa sobre sua obra com a pesquisadora Carolin Overhoff Ferreira. 18/11, sexta-feira, 18h00, no CAIXA Belas Artes. Retirada de ingressos com uma hora de antecedência.

MESA REDONDA: O nascimento do cinema moçambicano. Com Ruy Guerra, José Luís Cabaço, Rita Chaves, Camilo de Sousa e Isabel Noronha. 16/11, quarta-feira, 16h00, no CAIXA Belas Artes. Retirada de ingressos com uma hora de antecedência.

OFICINA MEMÓRIA E AUDIOVISUAL I: Filmes de segunda mão, ou a reapropriação de arquivos familiares, com Raquel Schefer. 12/11, sábado, 14h00, na CAIXA Cultural Praça da Sé. Inscrições até 11/11 através do email mostraafricas@gmail.com.

OFICINA MEMÓRIA E AUDIOVISUAL II: O conceito de casa da memória negra: Cinema expandido e história da preservação e divulgação da memória negra local, com Lilian Solá Santiago. 19/11, sábado, 15h00, na CAIXA Cultural Praça da Sé. Inscrições até 18/11 através do email mostraafricas@gmail.com.

Saiba mais sobre a programação aqui

Serviço:

Local: CAIXA Belas Artes – Sala 4 (SPCine / Aleijadinho)
Endereço: Rua da Consolação, 2423 (estação de metrô Paulista)
Contato: (11) 2894-5781
Horários: Consultar programação
Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Além dos casos previstos em lei, clientes CAIXA pagam meia.