Maurício inaugura universidade pan-africanista

0
108
African Leadership University (ALU)

Lançada nas Ilhas Maurícos, a African Leadership University (ALU), tem como objetivo apresentar uma nova proposta de integração e desenvolvimento para o futuro acadêmico no continente africano. Durante o processo de aprendizagem, os alunos estimulam outros e são levados a pensar empresarialmente usando métodos de ensino atraentes e inspiradores.

De acordo com a diretoria, há uma previsão de abrir 25 campi em torno da África para treinar 3 milhões de empreendedores até 2060. Embora baseado na África, a ALU recebe estudantes de todo o mundo. Graça Machel, viúva de Nelson Mandela e Samora Machel, é uma das embaixadoras da instituição.

A universidade foi criada em 2013 pelo ganense Fred Swaniker, que usa a sua rede de contatos profissionais e pessoais para garantir o financiamento do projeto e assim financiar estudantes que não têm condições para frequentar os programas disponíveis.

Uma das particularidades é identificar potenciais líderes através do seu perfil (líderes comunitários que construíram hospitais e escolas em suas comunidades). Neste momento, os estudantes que não tiverem fundos necessários podem ser financiados pela universidade.

Com 1,5 milhão de habitantes, Maurício está localizado a cerca de 800 km a leste da ilha de Madagascar e os seus vizinhos mais próximos são Reunião e Seychelles. Maurício é, ao lado de Seychelles, o grupo de países do continente africano com Índice de Desenvolvimento Humano considerado alto.

A ilha foi descoberta em 1505 pelos portugueses e colonizada em 1598 pelos holandeses. Posteriormente, a França e, depois, o Reino Unido foram os países governantes da ilha. A independência de Maurício foi proclamada em 1968.