África em Verso: “40 anos da independência de Moçambique”

1
248

Estátua de Samora Machel, em Maputo – Foto do leitor Carlos Fávaro

Celina Sheila

(em 25 de junho de 2015, Moçambique comemorou 40 anos de independência)

Um passado que vive no presente,

Histórias de um povo em luta conquistada,

olhar em memórias de quem viveu

Moçambique venceu!

Em viva voz gritou

40 anos de independência!

40 anos de vida,

do que se construiu,

do que foi destruído.

Pela conquista foi elevado.

Foi em 1975 que se proclamou a independência de Moçambique

Em viva voz Samora Machel discursava

ʺMoçambicanas, Moçambicanos

operários, camponeses, combatentes

Povo moçambicano,

Em vosso nome, as zero horas de hoje,

25 de junho de 1975…ʺ

40 anos de história

Um passado, presente

num futuro que se prospera

Entre barreiras,

em luta que um dia chega,

Moçambique, queremos a paz!

A união entre os povos,

a igualdade de todos,

oportunidades para todos,

Melhores condições de vida,

o Despertar de uma nação

Em força,

Em sonhos,

Em viva voz

Aplaudimos Moçambique!

Celina Sheila

celina


1 COMMENT

  1. O despertar de uma nação, me causa comoção, porque encontrar ainda que em migalhas forças, reativaram sonhos e usou a voz como arma branca da paz. Me aquece e me enobrece a Nação do Arco Íris dando exemplo de vencedora mesmo com um passado tão sofrido, tão triste… cheia de heróis comuns desconhecidos que merecem ser reconhecidos e aplaudidos de pé em nome do amor em nome da fé.