África do Sul: Festival marcará os 21 anos de democracia

0
121

Captura de tela 2015-04-25 às 20.31.01Por dentro da África

Em homenagem à primeira eleição democrática na África do Sul, em 27 de abril de 1994, um festival de artes tomará duas noites de Durban e Mandeni, em Kwazulu Natal. O festival Awesome Africa começou em 1999 com 184 artistas e já recebeu músicos de 29 países desde sua estreia. Ele reúne os estilos afro-pop, jazz, rock, gospel, hip hop, rap, house e estilos indígenas com o objetivo de mostrar a diversidade cultural através da música e criar colaborações com músicos internacionais e africanos.

napel1Uma das atrações do festival é o grupo Napalma, com mais de 500 de shows pelo continente africano. Formado pelo brasileiro Cid Travaglia e pelo moçambicano Ivo Maia, o grupo se apresenta com músicos convidados de diferentes partes da África.

“É um momento muito importante na história. Estavámos em Moçambique quando aconteceram os casos de xenofobia semana passada, e vimos os moçambicanos assistindo aquilo sem entender, porque eles ajudaram a África do Sul nos períodos difíceis… Mas sabemos que a maioria do povo sul-africano não aprova esses atos e o NAPALMA está aqui para continuar a espalhar mensagens de união, solidariedade e respeito – disse ao Por dentro da África, Cid, que subirá ao palco nesta segunda com o Napalma, lembrando a onda de xenofobia que atingiu a África do Sul nos últimos meses e se intensificou na última semana.

O Festival comemora o Dia da Liberdade levando música e arte para as pessoas das comunidades que apoiaram a luta pela liberdade e democracia.

Saiba mais sobre o festival aqui

Conheça mais do Napalma, aqui

Por dentro da África