Cinco razões para lutar pela erradicação da poliomielite no mundo

0
53

Combate à Polio - UN Foundation Rio – Um recente surto de poliomielite na Somália e Quênia serve como um lembrete de que esta doença ainda existe e ameaça crianças. Embora não haja cura para a pólio, as vacinas proteger as crianças contra a doença por toda a vida. Em 1988, os governos nacionais, agências da ONU e grupos da sociedade civil se uniram para lançar a Iniciativa Global de Erradicação da Pólio, um esforço internacional para imunizar as crianças.

Aqui estão cinco números que você deve saber sobre a luta contra a pólio e como você pode ajudar a vencê-la:

1. 99% de redução em casos de pólio: Nos últimos 25 anos, o número de casos de pólio caiu em mais de 99%, a partir de uma estimativa de 350 mil casos em 1988 para apenas 223 no ano passado.

2. 10 milhões pé: Desde a Iniciativa de Erradicação Global da Pólio, a imunização contra a pólio já salvou mais de 10 milhões de crianças da paralisia de acordo com a Organização Mundial de Saúde.

3. Apenas três países endêmicos: A pólio ainda é endêmica em apenas três países: Afeganistão, Nigéria e Paquistão. Até que a erradicação aconteça nessas regiões, os outros países estão em risco de importar a doença altamente contagiosa.

4. A falha pode resultar em até 200 mil novos casos por ano: Enquanto a pólio continua em qualquer lugar, é uma ameaça em todos os lugares. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a presença da poliomielite poderia, dentro de 10 anos, resultar em cerca de 200.000 novos casos em todo o mundo a cada ano.

5. US$40 milhões dólares americanos – US$50 bilhões em poupança: Os modelos econômicos estimam que a erradicação da pólio iria economizar entre US$40milhões e US$50 bilhões ao longo dos 20 anos após a erradicação.

Com informações da UNFoundation