Madagascar, Zimbabue e Congo são tema de encontro dos chefes de Estado da África Austral

0
  •  
  •  

RIO – A Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), reune-se a partir desta quinta-feira, para tratar da situação política em Madagascar, Zimbábue e República Democrática do Congo. Participam do encontro os chefes de Estado da Tanzânia, Jakaya Kikwete; Namíbia, Hifikepunye Pohamba; Moçambique, Armando Guebuza, e da África do Sul, Jacob Zuma.

Os três países passam por um momento instável político e socialmente.  Madagascar vem de uma sequência de golpe de Estado que conduziu Rajoelina ao poder contra o então presidente Marc Ravalomanana. As autoridades prevêem realizar eleições presidenciais em maio próximo e as legislativas em julho.

A preocupação da SADC, formado por 12 países, com o Zimbábue refere-se à realização de eleições livres, que devem acontecer este ano. Desde julho do ano passado, os principais partidos políticos zimbabweanos não conseguem acordar emendas da nova Constituição, cuja proposta deverá ir ao referendo antes das eleições.

Dentre os países em questão, a situação mais complexa é a da República Democrática do Congo, que vivencia um conflito armado. O conflito, que já dura 5 anos, coloca  governo (que recebe apoio de Angola, Zimbabue e Namibia) e rebeldes de Uganda e Ruanda em lados opostos. O acordo de paz foi assinado em 2003, mas a paz ainda não chegou, de fato. Desde 1998, mais de 5.4 milhões de pessoas morreram no país em decorrência da guerra, de forma direta ou indireta.

Por dentro da África 


  •  
  •