Há mais de três décadas no poder, partido vence eleições em Angola

0
  •  
  •  

No poder há mais de três décadas, o Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA) venceu mais uma eleição no último dia 31 de agosto. O partido liderado pelo atual e próximo presidente José Eduardo dos Santos recebeu os votos de mais de 70% dos eleitores, segundo a Comissão Nacional Eleitoral (CNE).

O partido tem 175 das 220 cadeiras que formam a Assembléia Nacional. O segundo mais votado foi a União Nacional para a Independência Total de Angola (Unita), com 18,66% dos votos, o equivalente a 32 deputados no Parlamento. Quanto às outras cadeiras, ficaram entre a Convergência Ampla de Salvação de Angola-Coalizão Eleitoral (CASA-CE), o Partido de Renovação Social (PRS) e a Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA).

As eleições indiretas, foram as segundas desde o fim da guerra civil angolana em 2002, e as terceiras desde a independência de Portugal, em 1975.  O pleito teve a abstenção de cerca de 40% da população, parte em protesto à atual situação econômica e social do país de cerca de 20 milhões de habitantes, que possui um dos maiores índices de corrupção do mundo e o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) de 0,403,  que o coloca em posição de 148 dentre 187.

Por dentro da África


  •  
  •