Relatório da ONU diz que há violações de direitos humanos na Eritreia

0
  •  
  •  

Foto: ONU

Com informações da ONU

Criada para investigar as violações dos direitos humanos na Eritreia, a Comissão de Inquérito descobriu “indicações claras” de violações e abusos, de acordo com documentos apresentados, nesta segunda-feira (16), ao Conselho de Direitos Humanos da ONU, em Genebra (Suíça). Após quatro meses de trabalho, inúmeras violações foram encontradas.

Segundo o presidente da Comissão de Inquérito sobre Direitos Humanos na Eritreia, Mike Smith, toda a sociedade foi militarizada, a Constituição nunca foi aplicada e não existe o Estado de direito, acrescentou Smith, lembrando que ninguém estava sendo responsabilizado pelas violações dos direitos humanos no país africano.

O relatório, que será entregue ao Conselho de Direitos Humanos em julho, também destaca que há centros de detenção oficiais e não-oficiais, localizados acima do solo ou subterrâneos. Alguns têm recipientes de metal, onde os prisioneiros são mantidos no calor extremo.

 


  •  
  •