Ciclone Idai: Cruz Vermelha faz apelo de emergência para ajudar vítimas em Moçambique

0
  •  
  •  

Foto de Cruz Vermelha em Beira, Moçambique

Com informações da Cruz Vermelha 

A passagem do ciclone Idai por Moçambique, Zimbábue e Malawi deixou mais de 300 mortos, centenas de desaparecidos e milhares de desabrigados desde a última quinta-feira(14). Segundo a ONU, cerca de 3 milhões de pessoas foram afetadas. A cidade da Beira, a segunda maior de Moçambique, foi a mais atingida e teve 90% do seu território danificado. A Cruz Vermelha faz um apelo para ajuda humanitária na região.

Jamie LeSueur, que lidera os esforços de resposta para a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (IFRC) na Beira, afirmou que esta é a pior crise humanitária na história recente de Moçambique.

“Grandes partes da Beira foram danificadas, aldeias inteiras e cidades foram completamente inundadas. Equipes de resgate estão lutado para colocar em segurança as pessoas presas nos telhados e nas árvores. Muitas, muitas famílias perderam tudo ”, disse LeSueur.

Em algumas áreas perto dos rios Buzi e Pungoé, a água cobriu completamente casas, postes telefônicos e árvores. A FICV e a Cruz Vermelha de Moçambique lançaram um apelo de emergência de 10 milhões de francos suíços para apoiar cerca de 75.000 das pessoas mais afetadas no centro de Moçambique. O apelo prioriza o abrigo e a água e o saneamento.

Os trabalhadores humanitários estão preocupados com os riscos para a saúde após o ciclone por conta do período de contaminação da água. Surtos de gastroenterite viral, hepatite, cólera e outras doenças podem ocorrer como resultado.”

A malária é endêmica em Moçambique, com um pico durante a estação chuvosa de Dezembro a Abril. A inundação extensa pode resultar em água estagnada que pode se tornar um perfeito local de reprodução de mosquitos.

Para quem estiver em Portugal e quiser ajudar, os produtos devem ser enviados para a sede nacional da Cruz Vermelha Portuguesa, no Jardim 9 de Abril, 1249-083 em Lisboa. Ajuda financeira deve ser direcionada para a conta com IBAN PT50 0010 0000 3631 9110 0017 4 – Multibanco/Pagamento de Serviços: entidade 20 999 / referência 999 999 999. Para fazer online direto no site da Cruz Vermelha, clique aqui.


  •  
  •