Quênia: Sistema permite que usuários transfiram dinheiro usando celular

0

 Photo: Panos/Piers Benatar
Photo: Panos/Piers Benatar

Por dentro da África

Um sistema que ajuda a lidar com dinheiro pelo celular tem facilitado a vida de muitos quenianos. O M-Pesa foi lançado em 2007 pela Safari.com, a maior operadora de telefonia móvel no Quênia que tem cerca de 19 milhões de clientes. Desses, 15 milhões utilizam o M-Pesa e de acordo com a Safaricom, cerca de 43% do PIB do país é canalizado através do programa. O sistema do M-Pesa permite transferir e levantar dinheiro, comprar crédito, Credelec, Jackpot e pagar diferentes serviços, como TVCABO, DSTV através do celular.

O M-Pesa foi desenvolvido para ser um sistema que permitisse o reembolso de empréstimos através do telefone, reduzindo os custos associados com a manipulação de dinheiro e possibilitando taxas de juros mais baixas. Mas depois do teste piloto, ele foi ampliado para se tornar um regime geral de transferência de dinheiro. Isso é particularmente útil em um país onde muitos trabalhadores nas cidades enviam dinheiro para suas famílias em aldeias rurais.

Foto: Ventures África
Foto: Ventures África

O sistema do M-PESA oferece empréstimos e produtos de poupança, e também pode ser usado para pagar salários ou pagar contas, poupando ainda mais tempo e dinheiro de seus usuários.

Apesar de existirem dezenas de sistemas móveis, o queniano possui vários fatores a seu favor que o tornam o mais bem sucedido. Em meio à violência pós-eleitoral no país no início de 2008, o M-Pesa foi usado para transferir dinheiro para pessoas presas nas favelas de Nairóbi. Alguns quenianos consideram o programa uma forma mais segura para armazenar seu dinheiro do que os bancos, que estavam emaranhados em disputas étnicas.