Projeto fornece apoio ao comércio nas fronteiras da República Democrática do Congo, Ruanda e Uganda

0
  •  
  •  

Paises-Grandes-Lagos-Com informações do Banco Mundial

Cerca de 80 mil comerciantes e seus familiares, que dependem do comércio transfronteiriço da região dos Grandes Lagos Africanos, se beneficiarão de um programa que tem como objetivo reduzir os custos dos comerciantes. O dinheiro desenvolverá mercados regionais perto de fronteiras para melhor lidar com um aumento do fluxo de bens, serviços e pessoas. 

No valor de 79 milhões de dólares, o empréstimo da Associação Internacional de Desenvolvimento foi aprovado no dia 25 de setembro pelo Banco Mundial para fornecer recursos para fortalecer as agências governamentais nas fronteiras.

De acordo com o vice-presidente do Banco Mundial para a região africana, Makhtar Diop, os três países dos Grandes Lagos (RDC, Ruanda e Uganda) incluídos neste projeto, compartilham desafios semelhantes que precisam ser combatidos através da ação coletiva. As fronteiras são a solução desde que sejam seguras e permitam que os negócios sejam feitos em um ambiente propício.

Melhorias de infraestrutura na fronteira serão acompanhadas por uma melhor gestão das fronteiras e governação e funcionários melhor treinados. Isto é particularmente importante para os comerciantes de pequena escala, especialmente mulheres, que, muitas vezes, são vítimas de assédio e violência física e são forçados a pagar subornos.


  •  
  •