Financiamento do Banco Mundial vai aprimorar os sistemas hídricos da Etiópia

0

Lago Tana na Etiópia.
Lago Tana na Etiópia.

Com informações do Banco Mundial

Para apoiar a continuação dos esforços da Etiópia em desenvolver instituições para o planejamento integrado, gestão e desenvolvimento dos recursos de água nas sub-bacias de Tana e Beles, o conselho administrativo do Banco Mundial aprovou um financiamento adicional de 5,1 milhões de dólares. O financiamento vai apoiar as bases para a gestão integrada dos recursos hídricos a longo prazo nas sub-bacias.

Localizadas nas regiões de Amhara e de Benishangul-Gumuz, as sub-bacias Tana e Beles são identificadas como a primeira das cinco zonas de crescimento propostas no país incluídas no Plano do Governo da Etiópia para Acabar com a Pobreza (PASDEP ). As sub-bacias abrigam 3 milhões de pessoas e possuem uma fonte significativa de energia hidroelétrica, navegação e pesca.

Com as regiões de Amhara e de Benishangul-Gumuz crescendo economicamente, elas também enfrentam um grave risco de uso não sustentável dos recursos hídricos, devido à falta de gestão e coordenação adequada. Os principais desafios incluem inundações, secas, degradação das bacias, pesca insustentável e conflitos no uso dos recursos.