África do Sul: As atrações e belezas da Rota Jardim

1

Foto – Cidade de George – South Africa travel

Especial Por dentro da África

Um trajeto repleto de montanhas, lagos, lagoas, praias e vinícolas enriquece a visita de quem passa por aqui. A Rota Jardim (Garden Route) abriga alguns dos lugares mais incríveis da África do Sul. Saindo da Cidade do Cabo, na província do Cabo Ocidental, até Porto Elizabeth, na província do Cabo Oriental, o turista percorre cerca de 800 quilômetros.

Conheça o HOTSITE da África do Sul no Por dentro da África 

Dentre as muitas atrações, do ponto de partida ao destino, há passeio de balão, salto do maior bungee jump do mundo, visita aos elefantes do Addo National Park, degustação de vinhos em George e muito surfe ao chegar em Jeffreys Bay.

Foto - Cidade de George - South Africa travel
Foto – Cidade de George – South Africa travel

Margeando o Índico, o turista pode explorar o caminho dirigindo (as estradas sul-africanas são excelentes) ou elatam-joanesburgo-vinicolam vans e ônibus de companhias de turismo.

Para conhecer um pouco mais as belezas da costa sul-africana, seria bom dedicar uns quatro dias e visitar algumas cidades.

Caso a programação no país já esteja cheia, o visitante pode fazer uma parte do trajeto ou selecionar as atrações que deseja visitar. O importante é ir! Vale lembrar que alguns dizem que a Garden Route começa em Mossel Bay, outros afirmam que a partida é da Cidade do Cabo. Vamos listar algumas dessas belezas partindo da Cidade do Cabo

Foto – South Africa Travel

Em Hermanus, o avistamento de baleias é uma experiência para toda a vida! O melhor período para visitar a região, que é umas das 12 melhores de todo o mundo para ver as baleias, é em outubro. Confira nossa reportagem aqui

mossel-bay-1
Foto – Cidade de Mossel Bay – South Africa travel

Começando pelo sul, em Mossel Bay, há o museu Bartolomeu Dias, que lembra a chegada dos navegadores portugueses ao extremo sul do continente africano. A baía foi descoberta por ele em 3 de fevereiro de 1488, mas os primeiros contatos comerciais entre europeus e a população khoisan começaram só em 1497.

garden-route
Cidade de Wilderness – Divulgação

Parando em Wilderness, há praias intocadas, condomínios e hotéis de luxo a beira mar. Em menos de 30 minutos, o turista chega ao Parque Nacional Wilderness (repleto de pântanos e 250 espécies de pássaros).

Cidade de Knysna - Divulgação
Cidade de Knysna – Divulgação

No caminho, ao passar por Kysna, vale pular do maior bungee Jump do mundo. O brinquedo dos aventureiros tem 216 metros de altura e fica em Bloukrans Bridge. Leia mais: Adrenalina e tambores em salto de bungee jump

Dez minutos a leste de Knysna, há uma enseada com variedade de flora e fauna para apreciar e uma coleção de castelos Noetzie, onde o turista pode se hospedar.

Castelos Noetzie – Divulgação

Plettenberg Bay era chamada de Baía Formosa (“beautiful bay”) pelos primeiros exploradores e abriga uma das maiores colônias de criação de gaivotas ao longo da costa sul-africana. A cidade que fica a 600 km da Cidade do Cabo é muito popular entre os turistas domésticos e estrangeiros.

Em George, uma das atrações mais famosas é a degustação de vinho em Herold Wine. A degustação acontece entre tanques e barris. Por lá, os turistas também podem almoçar e fazer piqueniques. Conheça a vinícola onde as uvas são cultivadas ao som de música erudita 

Addo Park – Divulgação

No final da rota, em Por Elizabeth, é possível ver de pertinho os maiores mamíferos das savanas em um centro de conservação chamado Addo Park. Não muito longe, a 140 km, está J-Bay, cidade famosa por preservar as melhores ondas da África – Veja em nossa reportagem aqui 

Saiba mais sobre a Garden Route no site de turismo da África do Sul 

Participe da enquete abaixo!