África em Verso: ‘Saudades de ti, mama Guiné’

0

Foto de Fara Caetano em Guiné-Bissau

Filipe Buba N’hada, Por dentro da África

Num lindo chaaa! Do atlântico,
entrego o meu hóspede sorriso,
calor da terra, mesquinho da – era, era!!!
Entrego contigo as quentes gotinhas das lágrimas
que sufocam as minhas tristezas.

Ah! Saudades de mim,
naquelas lindas gargalhadas fraternais do bater da noite,
ao pé da fogueira, na ponta (na roça).

Saudades, das saudades antes das saudades,
saudades daquele dia da despedida na moransa*.
Saudades daqueles lamentos soltos vagando pela esperança,
De que – um dia deixarei este lugar
com o destino ao outro lado do Atlântico.

Receba pinguikiti*, essa minha prece
Leva, óhh marulho este meu abraço
Para o meu djemberem*, fonte do meu laço,
Espaço onde eu nasci.
N’didjau nha pobri Guiné!

*Moransa – espaço físico e espiritual, onde uma certa família se concentra
*Pindjikiti – Nome do porto de Bissau
*Djemberem – Casinha coberto de palha sem parede
*Saudades do meu triste Guiné

O poeta guineense lançou o livro ‘Barulho Calado’, que reúne uma série de poesias. Para comprar, cliquei aqui


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here