Sub-20: Zâmbia perde para Itália na prorrogação, mas conquista melhor campanha da história

0

zambia

Por André Carlos Zorzi, Por dentro da África

Em um jogo bastante movimentado e com muitas oportunidades, a seleção da Zâmbia acabou sendo eliminada nas quartas de final da Copa do Mundo de futebol Sub-20. Mesmo atuando desde o final do primeiro tempo com um jogador a mais e tendo ficado à frente no placar em duas ocasiões, a equipe acabou sofrendo novamente um gol nos últimos minutos e levando o jogo para a prorrogação. Desta vez o final não foi tão feliz.

Os zambianos, que fizeram sua melhor participação na história, eram os últimos africanos presentes no torneio. Antes, foram eliminados Senegal (oitavas de final), África do Sul e Guiné-Conacri (primeira fase).

O próximo torneio sub-20 de peso está marcado para 2019, quando ocorre a Copa Africana de Nações da categoria, no Níger.

O time da Zâmbia saiu à frente logo no início do jogo, aos 4’, quando Daka recebeu bola vinda de Banda, por trás, enquanto adentrava a área. Ele tirou do goleiro e abriu o placar, 1 x 0.

Aos 43’, outro lance capital: Chilufya foi derrubado na entrada da grande área, e o árbitro entendeu que o lance foi para expulsão do italiano Pezzella, que deu um leve empurrão por trás do africano.

Mesmo com um a menos, a Itália não desistiu: aos 5’ do segundo tempo, Orsolini recebeu ótimo cruzamento de Panico pelo alto e cabeceou para empatar. 1 x 1.

A Zâmbia retomou a frente do placar apenas aos 39’, quando Chilufya, pela direita, deu bom passe para Sakala, que aparecia no centro da área italiana. Ele chutou com força e estufou as redes. 2 x 1.

Porém, a alegria africana não durou muito. Aos 43’, Nyondo derrubou Vido a alguns metros da entrada da área. Dimarco foi para a cobrança e conseguiu empatar a partida. 2 x 2.

O jogo teve que ir para a prorrogação. Aos 6’ do segundo tempo, Favilli cobrou escanteio e Vido fez de cabeça.

Estatísticas da partida:

Zâmbia 2 x 3 Itália

31 x 18 – chutes

9 x 4 – escanteios

19 x 14 – faltas cometidas

50% x 50% – posse de bola

O atacante Fashion Sakala foi o jogador africano com mais gols marcados no torneio, quatro ao todo. Outros três zambianos deixaram dois: Emmanuel Banda, Patson Daka e Enock Mwepu.

Agora, Uruguai x Venezuela e Itália x Inglaterra brigam por uma vaga na final.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por dentro da África é um site dedicado ao continente africano com notícias, pesquisas, teses e coberturas exclusivas desenvolvido pela jornalista Natalia da Luz.