1ª Fase da Liga dos Campeões Africana chega ao fim; veja os classificados

0
  •  
  •  

Ulinzi Stars – Divulgação


Por André Carlos Zorzi, Por dentro da África

No último final de semana, entre os dias 18 e 19 de fevereiro, chegou ao fim a 1ª fase das duas principais competições oficiais de clubes do continente africano: a Liga dos Campeões e a Copa da Confederação.

Conheça mais sobre as competições e confira todos os classificados!

LIGA DOS CAMPEÕES

O regulamento da competição apresenta mudanças em relação às edições anteriores. Agora, há duas fases de confronto eliminatórios valendo vaga na fase seguinte, em que 16 equipes serão divididas em quatro grupos. Até o ano passado, classificavam-se apenas oito, divididas em dois grupos.

Os dois melhores de cada grupo, após confrontos de ida e volta com os adversários, avançam às quartas de final, e não direto às semis, como ocorria.

As principais seleções no Ranking calculado pela federação com base nos resultados dos últimos cinco anos possuem duas vagas no torneio, e o restante apenas uma.

Neste ano ficaram de fora os representantes dos seguintes países: Mauritânia, República Centro-Africana, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Somália, Djibuti, Namíbia, Chade, Benin, Togo e Eritréia.

Duas ilhas africanas que não são reconhecidas como país também têm direito a enviar um representante cada: Zanzibar, que faz parte da Tanzânia, e Reunião, território francês próximo a Madagascar, que não participava da disputa desde 2010.

Étoile du Sahel

OS JOGOS

O mando de campo, como de costume, foi um fator decisivo: somente em sete das 46 partidas disputadas na 1ª fase foram vencidas por um visitante. A única equipe que não conseguiu vencer a ida em casa e precisou buscar a classificação fora foi o Zanaco (Zâmbia), que eliminou o APR (Ruanda).

Entre as surpresas, a eliminação do Diables Noirs (Congo-Brazzaville), Stade Malien (Mali), Sewé Sport (Costa do Marfim). O Tusker (Quênia) também chamou atenção ao ser eliminado pelo Port-Louis (Ilhas Maurício), de menos tradição.

PRÓXIMA FASE

Os classificados se juntam ao Mamelodi Sundowns, Al Ahly (Egito), Zamalek (Egito), USM Alger (Argélia), Étoile du Sahel (Tunísia), Espérance Tunis (Tunísia), Wydad Casablanca (Marrocos), Mazembe (Congo-Kinshasa) e Al Hilal (Sudão), equipes que começam nesta fase justamente por estarem entre as mais fortes. Por isso, todas são favoritas a chegar à fase de grupos, que já tem ao menos uma surpresa garantida por conta do confronto entre Ferroviário da Beira (Moçambique) e Barrack Young Controllers (Libéria).

ferroviario_beira_formacao_800_533
Ferroviário da Beira

Confrontos da próxima fase da Liga dos Campeões:

*Em asterisco, os favoritos a avançar de fase pela análise do Por Dentro da África

*USM Alger (Argélia) x Rail Club (Burkina Faso)

Rivers United (Nigéria) x Al Merrikh (Sudão)*

*Étoile du Sahel (Tunísia) x Tanda (Costa do Marfim)

*Espérance Tunis (Tunísia) x Horoya (Guiné-Conacri)

Al Ahli-Tripoli (Libia) x FUS Rabat (Marrocos)*

*Mamelodi Sundowns (África do Sul) x KCC (Uganda)

*Wydad Casablanca (Marrocos) x Mounana (Gabão)

Young Africans (Tanzânia) x Zanaco (Zâmbia)*

Ferroviário da Beira (Moçambique) x Barrack Young Controllers (Libéria)*

*Zamalek (Egito) x Enugu Rangers (Nigéria)

Ports Authority (Gâmbia) x Vita Club (Congo-Kinshasa)*

*Coton Sport (Camarões) x CNaPS (Madagascar)

*Al Ahly (Egito) x Bidvest Wits (África do Sul)

*Mazembe (Congo-Kinshasa) x CAPS United (Zimbábue)

*Léopards (Congo-Brazzaville) x Saint George (Etiópia)

*Al Hilal (Sudão) x Port-Louis (Ilhas Maurício)

Coton Sport
Coton Sport

RESULTADOS

Confira abaixo todos os resultados da Liga dos Campeões Africana:

*As equipes à esquerda fizeram o jogo de ida em casa.

*Os placares trazem o agregado das duas partidas; na sequência, o quanto foi cada uma

– Rail Club (Burkina Faso) 3 x 1 (Diables Noirs)

Ida: 3 x 0 ; Volta: 0 x 1

– Sony Elá (Guiné Equatorial) 1 x 5 Al-Merrikh (Sudão)

Ida: 0 x 1; Volta: 1 x 4

– Real Bamako (Mali) 0 x 4 Rivers United (Nigéria)

Ida: 0 x 0; Volta: 0 x 4

– Tanda (Costa do Marfim) 4 x 3 Forces Armées (Níger)

Ida: 3 x 0; Volta: 1 x 3

– Gorée (Senegal) 1 x 2 Horoya (Guiné-Conacri)

Ida: 0 x 0; Volta: 1 x 2

– Johansen (Serra Leoa) 1 x 4 FUS Rabat (Marrocos)

Ida: 1 x 1; Volta: 0 x 3

– All Stars (Gana) 1 x 5 Al Ahli-Tripoli (Líbia)

Ida: 1 x 3; Volta: 0 x 2

– KCC (Uganda) 2 x 2 Primeiro de Agosto (Angola)

Ida: 1 x 0; Volta: 1 x 2; KCC classificado pelo critério dos gols fora

– Mounana (Gabão) 3 x 0 Vital’O (Burundi)

Ida: 2 x 0; Volta: 1 x 0

– Zanaco (Zâmbia) 1 x 0 Armée Patriotique (Ruanda)

Ida: 0 x 0; Volta: 1 x 0

– Ngaya (Comores) 2 x 6 Young Africans (Tanzânia)

Ida: 1 x 5; Volta: 1 x 1

– Barrack Young Controllers (Libéria) (3) 1 x 1 (4) Stade Malien (Mali)

Ida: 1 x 0; Volta: 0 x 1

– Zimamoto (Zanzibar) 3 x 4 Ferroviário da Beira (Moçambique)

Ida: 2 x 1; Volta: 1 x 3

– Saoura (Argélia) 1 x 1 Enugu Rangers (Nigéria)

Ida: 1 x 1; Volta: 0 x 0; Enugu Rangers classificado pelo gol fora

– Royal Leopards (Suazilândia) 1 x 4 Vita Club (Congo-Kinshasa)

Ida: 0 x 1; Volta: 1 x 3

– Ports Authority (Gâmbia) 1 x 0 Sewé (Costa do Marfim)

Ida: 1 x 0; Volta: 0 x 0

– CNaPS (Madagascar) 4 x 4 Township Rollers (Botsuana)

Ida: 2 x 1; Volta: 2 x 3; CNaPS classificado pelos gols fora

– Coton Sport (Camarões) 6 x 1 Atlabara (Sudão do Sul)

Ida: 2 x 0; Volta: 4 x 1

– Saint-Louisienne (Reunião) 3 x 4 Bidvest Wits (África do Sul)

Ida: 2 x 1; Volta: 1 x 3

– Lioli (Lesoto) 1 x 2 CAPS United (Zimbábue)

Ida: 0 x 0; Volta: 1 x 2

– Côte d’Or (Seychelles) 0 x 5 Saint George (Etiópia)

Ida: 0 x 2; Volta: 0 x 3

– Léopards (Congo-Brazzaville) 2 x 2 UMS de Loum (Camarões)

Ida: 1 x 0; Volta: 1 x 2; Léopards classificado pelo gol fora

– Tusker (Quênia) 2 x 3 Port-Louis (Ilhas Maurício)

Ida: 1 x 1; Volta: 1 x 2

COPA DA CONFEDERAÇÃO

O torneio também acompanhou as mudanças da Liga dos Campeões e terá quatro grupos ao invés de dois. A diferença se dá pela existência de uma fase extra, na qual os clubes que avançarem nas duas primeiras etapas da competição enfrentarão os eliminados na Liga dos Campeões por uma vaga na Fase de Grupos.

Praticamente todas as vagas são dadas aos times que foram campeões das Copas Nacionais de seus países em 2016, ou vice-campeões, caso o dono do título esteja disputando a Liga dos Campeões. Em países que contam com mais de uma vaga, em geral ela é dada levando em conta a colocação nos campeonatos nacionais.

OS JOGOS

Assim como ocorreu na Liga dos Campeões, o fator casa também foi determinante: apenas cinco das quarenta partidas disputadas terminaram com uma vitória do visitante.

Nenhuma grande surpresa acabou sendo constatada após os confrontos, mas um que chamou atenção em especial foi o disputado entre o Breweries (Libéria) e o Kabylie (Argélia). O time liberiano conseguiu um placar elástico na partida de ida, em Monróvia, vencendo por 3 x 0. Quando uma classificação parecia improvável, os argelinos devolveram a derrota por 4 x 0 e se classificaram.

Confira agora todos os resultados da Copa da Confederação Africana:

*As equipes à esquerda fizeram o jogo de ida em casa.

*Os placares trazem o agregado das duas partidas; na sequência, o quanto foi cada uma

– Breweries (Libéria) 3 x 4 Kabylie (Argélia)

Ida: 3 x 0; Volta: 0 x 4

– Étoile (Congo-Brazzaville) 3 x 0 Racing de Micomeseng (Guiné Equatorial)

Ida: 2 x 0; Volta: 1 x 0

– Ifeanyi Ubah (Nigéria) (0) 1 x 1 (3) Al Masry (Egito)

Ida: 1 x 0; Volta: 0 x 1

– Defence Force (Etiópia) 1 x 2 Yong Sports (Camarões)

Ida: 1 x 0; Volta: 0 x 2

– Douanes (Níger) 1 x 3 Tanger (Marrocos)

Ida: 1 x 2; Volta: 0 x 1

– Elgeco Plus (Madagascar) 1 x 2 SuperSport United (África do Sul)

Ida: 0 x 0; Volta: 1 x 2

– Akanda (Gabão) 0 x 1 Renaissance (Congo-Kinshasa)

Ida: 0 x 0; Volta: 0 x 1

– Bechem United (Gana) 3 x 5 Mouloudia (Argélia)

Ida: 2 x 1; Volta: 1 x 4

– RSLAF (Serra Leoa) 2 x 1 Wikki Tourists (Nigéria)

Ida: 2 x 0; Volta: 0 x 1

– Platinum Stars (África do Sul) 2 x 0 Desportiva do Songo (Moçambique)

Ida: 1 x 0; Volta: 1 x 0

– Vipers (Uganda) 1 x 1 Volcan (Comores)

Ida: 0 x 0; Volta: 1 x 1; Vipers classificado pelo gol fora

– Orapa United (Botsuana) 2 x 4 Mbabane Swallows (Suazilândia)

Ida: 0 x 1; Volta: 2 x 3

– KVZ (Zanzibar) 2 x 4 Ngozi (Burundi)

Ida: 2 x 1; Volta: 0 x 3

– APEJES (Camarões) 2 x 2 Niarry Tally (Senegal)

Ida: 1 x 0; Volta: 1 x 2; APEJES classificado pelos gols for a

– Wau Salaam (Sudão do Sul) 0 x 6 Rayon Sports (Ruanda)

Ida: 0 x 4; Volta: 0 x 2

– Sonabel (Burkina Faso) 0 x 3 Gagnoa (Costa do Marfim)

Ida: 0 x 0; Volta: 0 x 3

– MAS (Marrocos) 3 x 2 CARA (Congo-Brazzaville)

Ida: 0 x 0; Volta: 0 x 3

– Pamplemousses (Ilhas Maurício) 1 x 2 Ngezi Platinum (Zimbábue)

Ida: 1 x 1; Volta: 0 x 1

– Al Hilal-Al Ubayyid (Sudão) 3 x 0 Saint Michel United (Seychelles)

Ida: 2 x 0; Volta: 1 x 0

– Al Hilal-Benghazzi (Líbia) (4) 1 x 1 (5) Ulinzi Stars (Quênia)

Ida: 1 x 0; Volta: 0 x 1


  •  
  •