Projeto levará eletricidade para região mais pobre da capital de Djibuti

0
  •  
  •  

Djibouti Streets
Djibouti Streets – ONU

Com informações do Banco Mundial

Para apoiar o governo de Djibouti para alcançar o acesso universal à eletricidade até 2035, um novo projeto levará eletricidade para as 15 mil famílias mais pobres (ou cerca de 100 mil pessoas) que vivem na cidade de Djibuti, capital do país de mesmo nome.

Financiando pelo Banco Mundial, o projeto de US$ 23,3 milhões expandirá a infraestrutura construída no bairro para conectar mais famílias à rede nacional, fornecer mais iluminação pública, ampliar linhas de energia para o interior menos desenvolvido do país.

mapa dO Programa de Electrificação Sustentável será financiado pela Associação Internacional de Desenvolvimento (IDA), o fundo do Banco Mundial para os países mais pobres. Um dos principais objetivos é avançar ainda mais para a eletrificação completa de Balbala, a maior favela da capital. Outro objetivo é conectar mais 9 mil famílias em Balbala e cerca de 5 mil famílias no interior, fornecendo eletricidade para mais de 10% da população total.

Apenas metade da população de Djibuti, ou cerca de 70 mil famílias, todas em áreas urbanas, têm acesso à eletricidade. A falta de acesso, bem como o alto custo de energia e interrupções, especialmente durante a estação seca, o colocaram fora do alcance das famílias mais pobres e impediram o crescimento das pequenas empresas.

  •  
  •