ONU abre vaga no escritório de direitos humanos para jovens africanos

0
  •  
  •  

 

Conselho de Direitos Humanos da ONU, cuja sede fica em Genebra. Foto: ONU/Jean-Marc Ferré
Conselho de Direitos Humanos da ONU, cuja sede fica em Genebra. Foto: ONU/Jean-Marc Ferré

Suíça patrocina uma vaga de Junior Professional Officer para possibilitar que jovens de alguns países específicos tenham a oportunidade de trabalhar no Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos em Genebra.

Com esa doação suíça, cidadãos de países subrepresentados na ONU podem candidatar-se a este programa, já que normalmente essas vagas são criadas e financiadas por um país para seus próprios cidadãos.  Vários países africanos se encontram na lista de nações contempladas para esta convocação.

Jovens de até 32 anos do Burundi, República Democrática do Congo, Egito, Líbia, Mali, Nigéria, Senegal, África do Sul, Sudão do Sul, Zimbabwe, poderão participar desse processo.

Candidatos devem ter concluído um mestrado ou algum curso de pós-graduação em alguma disciplina relacionada ao desenvolvimento; possuir experiência de trabalho de, no mínimo, dois anos e fluência em mais de um idioma oficial das Nações Unidas.

O convite se estende também para jovens da Colômbia, Líbano, Mianmar, Territórios Palestinos Ocupados e Sri Lanka.

Saiba mais sobre esta oportunidade aqui.

 


  •  
  •