Angola: Protesto contra nepotismo do presidente é marcado para sábado

0
  •  
  •  

manifestacao7Fernando Guelengue, Por dentro da África

Luanda – Um grupo de cidadãos manifestou intenção de realizar uma manifestação, no Largo do 1 de Maio, em Luanda. O objetivo deste ato, que será realizado no próximo sábado, é impedir a nomeação inconstitucional de Isabel dos Santos, empresária e filha do presidente da República, José Eduardo dos Santos, ao cargo de Presidente do Conselho de Administração (PCA) da petrolífera angolana, Sonangol.

Laurinda Gouveia, ativista condenada no processo dos 15+2

Ativistas, artistas e cidadãos anunciaram presença. Entre os políticos, apenas o economista e membro da comissão política do Bloco Democrático, Filomeno Vieira, fez o anúncio público por meio de um vídeo da campanha de mobilização ‘Buzina Só’. Nuno Álvaro Dala, um dos ativistas condenados por crime de rebelião e associação de malfeitores por 4 anos e seis meses, anunciou sua presença por meio da sua página do facebook.

manifestacao“Considerando que é dever sacramental dos cidadãos a defesa do interesse nacional através da ação popular, sirvo-me desta declaração para anunciar oficialmente o meu apoio e participação na manifestação de 26 de novembro de 2016”, disse Nuno.

Quem não deixou os seus créditos em mãos alheia foi o ativista Mbanza Hamza, que também confirmou presença no protesto, usando o termo de encorajamento “Avante o dia 26. Que venham as prisões, eu lá estarei. Que venham as agressões, lá estarei. Que venham os comentadores de barriga, lá estarei. Que venham os chumbos, lá estarei. E lá estarei por quê? Porque há tempo para tudo. Tempo para roubar e tempo para prestar contas”, destacou o ativista Hamza.

MC K, músico de intervenção social também fez o anúncio por meio da sua página do facebook confirmando presença. “Novembro é o mês da Independência, e não existe independência sem mentes livres e criativas. Viva Angola”.


  •  
  •